Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Portugal e a Europa

e agora?

por Sofia Loureiro dos Santos, em 22.03.24

eleicoes portugal 2024.JPG

Depois de umas eleições resultantes da combinação de um golpe de estado judicial e de uma decisão pouco compreensível do nosso Presidente que, durante um ano, andou a ameaçar demitir o governo do PS, suportado numa maioria absoluta (para além de Mário Centeno, António Costa sugeriu 3 nomes do PS para formarem governo - António Vitorino, Carlos César e Augusto Santos Silva), temos uma constelação de instabilidade.

O Chega conseguiu 50 deputados. Não partilho do coro condescendente de quem justifica o voto no Chega com a zanga ou o protesto. Pode protestar-se de muitas formas. Mas quem vota escolhe e, para escolher, tem a obrigação de ouvir e ler. No caso do Chega basta ouvir o que dizem, principalmente André Ventura, mas não só. E o que dizem é assustador.

O PS teve uma derrota eleitoral, grande se olharmos aos resultados de 2022. Mas após o ano horribilis que teve, com tanto disparate, a governar desde 2015, o mais espantoso é não ter tido uma muito maior diferença para a AD.

A AD tem uma tarefa espinhosa pela frente. Ainda mais quando é torpedeada por gente que escreve cartas a pedir a Luís Montenegro que faça o contrário do que prometeu.

Mas o que mais me preocupa são as eleições americanas. Se Trump as ganha a Europa deixará de ter quem a defenda. Nada disso foi discutido.

eleicoes americanas.JPG

Estará Portugal preparado para as consequências dessa eventualidade? Com a extrema-direita cada vez mais poderosa em toda a Europa, para além de Trump, estaremos a chegar à beira da generalização da guerra?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:26

É tão boa a Democracia

por Sofia Loureiro dos Santos, em 20.01.21

O regresso à normalidade.

biden.jpg

kamala.jfif

Finalmente!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:22

Tentativa de golpe nos EUA

por Sofia Loureiro dos Santos, em 06.01.21

eua 06_01_2021.jpg

O que se está a passar nos EUA é inacreditável. Assistimos, em directo, à tentativa de golpe de Estado por parte dos apoiantes de Trump, acicatados por ele.

Espero que não seja um pronúncio do esboroar dos regimes democráticos. Convém pensar bem, antes de achar graça ao voto de protesto nestes movimentos e nestas criaturas, nomeadamente André Ventura. É que eles não têm mesmo graça nenhuma.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:45

Decência

por Sofia Loureiro dos Santos, em 08.11.20

biden harris.png

Joe Biden & Kamala Harris

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00

Fuga aos impostos

por Sofia Loureiro dos Santos, em 28.09.20

trump taxes.JPG

The New York Times

Será que os americanos dão mais importância à fuga aos impostos que a todas as outras misérias de Trump?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:59

A realidade a ultrapassar a ficção

por Sofia Loureiro dos Santos, em 06.08.20

trump 4.jpg

 

Nunca julgaria possível ver na Presidência dos Estados Unidos alguém tão inqualificável como Donald Trump.

Todos os dias se excede em afirmações bombásticas, estúpidas, mentirosas, irresponsáveis. Não sei se estará demente ou se é apenas uma desculpa que arranjamos para aceitar que foi eleito, que o mesmo país que elegeu Obama foi capaz de o substituir por tamanho incapaz.

Estaremos ainda para assistir a piores desmandos, com a desavergonhada suspeição que levanta sobre as próximas eleições, com a inusitada classificação de ataque ao imenso desastre em Beirute.

Isto passa-se nos Estados Unidos da América, não numa qualquer República de um país de banda desenhada ou de filme do Woody Allen.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:46

O desfazer da democracia americana

por Sofia Loureiro dos Santos, em 02.06.20

O que se está a passar nos EUA é espantoso e assustador.

Assistir à violência policial, ao racismo entranhado na sociedade, e em especial nas forças policiais, aos cíclicos e repetidos episódios de abuso da força, de homicídio de cidadãos por aqueles que têm por primeira e última missão defendê-los é, infelizmente, um hábito. Mas ter na presidência daquele país um agitador louco, extremista, frenético, estúpido, vaidoso, narcisista, incompetente, e sei lá que mais, é aterrador.

Ouvir em directo o Presidente dos EUA dizer que vai encher as ruas e as cidades de polícia e tropa para esmagar os protestos de cidadãos, queiram ou não os governadores de cada Estado, ouvir o Presidente dos EUA incentivar os cidadãos a usarem armas uns contra os outros, ouvir o Presidente dos EUA ameaçar os seus próprios cidadãos, ouvir os jornalistas, governadores e responsáveis religiosos a desautorizarem e desrespeitarem o seu Presidente, é testemunhar aquilo que nunca julguei possível – o desfazer da democracia americana.

O que se segue a esta escalada? Como será possível manter esta situação até às eleições de Novembro?

Hoje estranhamos o que se passou na Europa, com o alastrar das ditaduras e o romper da II Guerra Mundial. Mas de facto tudo pode acontecer, mesmo naquele país em que pensávamos que as Instituições conseguiriam controlar os mais estranhos desvarios.

Ter uma criatura como Trump na Casa Branca é a prova de que tudo se pode desmoronar perante os nossos civilizados olhos. E a incerteza perante a hipótese de ele continuar, para lá de Novembro, é ainda mais indicativo dos perigos que enfrentamos. Os EUA estão a toransformar-se não só numa inutilidade, mas numa perigosa aberração que muito contribui para o desequilíbrio do mundo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:59

O apodrecimento (2)

por Sofia Loureiro dos Santos, em 27.08.19

O que se está a passar na Amazónia é assustador. Mais assustador é ter alguém como Bolsonaro, um dos discípulos dilectos de Trump, à frente dos destinos do Brasil (e dos EUA).

Devastador é a onda de inacreditável boçalidade e incompetência, a mentalidade terrorista medieval que assola o mundo. Tudo é global e a estupidez dominante é globalmente arrasadora e destrutiva.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:12

Até ao fim

por Sofia Loureiro dos Santos, em 26.06.19

morte fronteira mexico.jpeg

Rio Grande

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:03

O mundo virado do avesso

por Sofia Loureiro dos Santos, em 09.09.18

new york times.jpg

 

 

Não tenho sido muito assídua a escrever no blogue. Não porque não me interesse pelo que vai acontecendo, mas porque tenho cada vez mais a noção da irrelevância do que possa dizer.

 

Há, no entanto, algumas coisas a que não posso deixar de reagir, como ao que se está a passar nos Estados Unidos da América. Já não sei como escandalizar-me, pois gastei as palavras que conheço para me espantar e desgostar. Como é possível que uma pessoa como Donald Trump tenha chegado à presidência daquele país, é uma pergunta para que não encontro resposta.

 

texto de opinião anónimo que saiu no New York Times sobre a resistência dentro da Administração americana é muitíssimo importante pelo que revela, mas também pelo que significa em termos da discussão do jornalismo e da ética do mesmo.

 

Mas de uma coisa estamos certos - Donald Trump é um perigo para os Estados Unidos e para o mundo. Se apenas o suspeitávamos, agora temos a certeza.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 12:19


Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2007
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2006
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D
  248. 2005
  249. J
  250. F
  251. M
  252. A
  253. M
  254. J
  255. J
  256. A
  257. S
  258. O
  259. N
  260. D

Maria Sofia Magalhães

prosas biblicas 1.jpg

À venda na livraria Ler Devagar



caminho dos ossos.jpg

 

ciclo da pedra.jpg

 À venda na Edita-me e na Wook

 

da sombra que somos.jpg

À venda na Derva Editores e na Wook

 

a luz que se esconde.jpg