Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Serena

por Sofia Loureiro dos Santos, em 03.07.22

tal golan.jpg

Tal Golan

 

No dia em que perder este cansaço

em que a angústia e a solidão

não forem mais que um barco afundado

poderei enfim desatar os soluços

e a terra onde me afundar será mais serena.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:48

Santo António de Lisboa

por Sofia Loureiro dos Santos, em 13.06.22

santo antonio de lisboa.jpg

Teresinha Sousa

 

Santo António de Lisboa

Vem cá ver o que isto é

Comer sardinha com broa

Beber vinho e água-pé

 

Não há febra nem sangria

Que nos cure a tradição

De lamentar a alegria

E louvar a maldição

 

Dar vivas ao vento agreste

Cantar como quem aguenta

Implorar ao pai celeste

Aprumo nesta tormenta

 

Somos bravos pacifistas

E guerreiros de um só dia

Solitários saudosistas

Bêbados de poesia

 

Oh meu querido santinho

Quero que sejas meu par

Ampara-me no caminho

Que ainda me falta andar

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:40

Discursos

por Sofia Loureiro dos Santos, em 11.06.22

speech bubble.jpg

Peech Bubble XII

Jürgen Drescher

 

Discursam discursos

Orelhas de abano

Cornetas de guerra

Orelhas de terra

Não saem da boca

Os dados quadrados

Movem-se na boca

Os sons desbotados

 

Discursos discursam

O povo envelhece

Palavra a palavra

O povo empobrece

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:07

Nesta carta que te escrevo

por Sofia Loureiro dos Santos, em 07.06.22

letters.PNG

Ivan Djidjev

 

Nesta carta que te escrevo

Com tantas letras de espanto

Abro os dedos com enlevo

Como os versos que te canto

 

Mas a voz que me emudece

Numa angústia esculpida

Confiança que estremece

Como folha ressequida

 

Não aprende a esvoaçar

Enfrentando a ventania

Que pressinto nesse olhar

Que desfaz a poesia

 

Recolho então de mansinho

E dissolvo-me no ar

Das palavras faço um ninho

No vazio que é amar

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:45

Desamor

por Sofia Loureiro dos Santos, em 17.04.22

erosion.jpg

Erosion

Penny Hardy

 

Nunca será demais a palavra que se cala

perante a dor do desencontro

o fundo e inexplicável vazio do desamor.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:27

Páscoa

por Sofia Loureiro dos Santos, em 13.04.22

Lamentación_sobre_Cristo_muerto,_por_Andrea_Mante

Andrea Mantegna

Cristo morto

 

Cristo vai morrendo serena

e diariamente sem remédio nem retorno

dos pecados que o mundo lhe oferece

na eternidade da paixão que ressuscita.

Entre pedras tumulares e gritos de espanto

Cristo morre e levita

sem sentido nem perdão

atraiçoado pela fé que em si e em nós

deposita.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:50

De mulher

por Sofia Loureiro dos Santos, em 08.03.22

tree of life.jpg

Zaan Claassens

 

De mulher temos os ramos

por onde trepam angústias e segredos

e sofremos os ninhos

remendando asas e nuvens

de rosas e espinhos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:40

Jardim de promessas

por Sofia Loureiro dos Santos, em 21.02.22

promessas.PNG

Garden of Promises

Carol Alleman

 

Quero todas as flores.

Mas também podem ser só as brancas

ou só as vermelhas aquelas das cores

que se demoram.

Ou só mesmo uma única

como única é a haste que nos equilibra

de pétalas livres e redentoras.

Que seja apenas a flor que tens no riso

ou nas pálpebras cerradas de quem sonha.

Quero tudo o que na sua simplicidade

de abandono e paz

nos amanheça e nos inunde de esperança.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:12

Considerações

por Sofia Loureiro dos Santos, em 23.01.22

bridge hands.jpg

Lorenzo Quinn

 

Considera-se o mundo bem aberto

Em baixo o céu que não pertence

A ninguém nem ao mundo

Nem à terra que acontece em grãos e fumo

Nem sequer aos corpos que inventam caminhos

E lutas e selos e alianças de sangue

 

Considera-se a mão atrás de outra

Dedos sugando a fome de amar procuram

A morna quietude da companhia que se cruza

Entre o hábito e o novo que se escusa

E se descobre na pequena faísca do olhar

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:11

Inícios

por Sofia Loureiro dos Santos, em 01.01.22

flower sculpture.jpg

Jonathan Mallett

 

Luminosos dias de um início.

Nascemos a cada instante para o mundo

que fizermos os abraços que tanto

nos faltam a esperança que nos dá

vida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:03


Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Posts mais comentados



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2007
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2006
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2005
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D

Maria Sofia Magalhães

prosas biblicas 1.jpg

À venda na livraria Ler Devagar



caminho dos ossos.jpg

 

ciclo da pedra.jpg

 À venda na Edita-me e na Wook

 

da sombra que somos.jpg

À venda na Derva Editores e na Wook

 

a luz que se esconde.jpg