Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Defender o Quadrado

Nesta casa serve-se tudo a quente. As cadeiras são de pau e têm as costas direitas. Há sempre pão a cozer e o conforto da desarrumação. A porta está sempre aberta... mas fecha-se rapidamente aos vermes que infestam alguns cantos do quadrado. Sejam

Prosas Bíblicas - Livro 1

prosas biblicas 1.jpg

 

(…) Leiamos, então, as Prosas Bíblicas de Maria Sofia Magalhães, organizadas em três “livros”, dos quais o primeiro ocupa cerca de metade do conjunto e avulta como aquele em que sentimos mais intensamente a carga misteriosa que o ilumina. Quando digo “carga misteriosa”, uso o adjectivo sem uma conotação demasiado espiritual, já que, embora estes poemas mostrem um inegável pendor místico desde a abertura – “Senhor Deus a fome é tua / Que alimento sem querer / Raiva fria alma crua / Corpo em vida a perecer” –, as imagens que neles encontramos descem muitas vezes à nossa natureza de seres humanos, i.e., seres terrestres na sua materialidade. (…) 

O HUMANO E O DIVINO - Fernando Pinto do Amaral - prefácio de Prosas Bíblicas

 

1.

Senhor Deus a fome é tua

Que alimento sem querer

Raiva fria alma crua

Corpo em vida a perecer

 

Senhor Deus a tua sede

Banha ombros a quem sente

Penitência de quem pede

Incerteza de quem mente

 

Senhor Deus não tenho rumo

Com a tua direção

Numa prece te consumo

Sem te dar o meu perdão

 

Livro 1 (pág. 15)