Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O circo da eleição no Parlamento

por Sofia Loureiro dos Santos, em 09.02.22

O Chega não tem direito a ter um Vice-presidente da Assembleia da República. Tem direito, isso sim, a propor um nome para o cargo.

Esse nome terá que ser votado pelos parlamentares.

O chumbo de nomes indicados para a representação parlamentar já aconteceu mais que uma vez e nunca se assistiu a este circo, montado pelos media, que o Chega muito bem aproveita.

A discussão do papel dos media na manipulação informativa, na legitimação de certas correntes políticas, nomeadamente da extrema-direita, é urgente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:24


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.02.2022 às 16:23

Sofia, deves estar admirada de "aparecer" aqui a abracar te, mas hoje 'calhou' a passar....
Só queria aproveitar o espaço e o tema para opinar de modo muito simples.
Não percebo (certamente estou a ser ingénuo...) porque há tanto tempo estragado (não é apenas gasto...)com um assunto que está resolvido matematicamente e juridicamente.Aliás já o disseste, mas eu reforçaria...
O Chega propõe. Os deputados votam. E chumbarão e votarão de novo até o resultado que a Lei permite, seja atingido.Onde está a DUVIDA para que seja feito esta "cowboiada" a incomodar toda a gente (excepto o Chega que bate palmas...)? Ou haverá razões que ainda vão ser reveladas?
O 4 vice presidentes foram criados pelo legislador por serem os 4 partidos na formacão da democracia depois do 25A (PS, PSD, CDS E PCP). Poderiam ser só 3, ou 5, o que poderia alterar muito o quadro que agora se apresenta. Na 1ª hipotese o Chega...não entraria! Penso tb que era urhente e importante atribuir aos partidos os "rotulos" exactos. Que deveriam,eles próprios, perante os seus Programas serem classificados de 'direita' ou "centro' ou outra coisa qq para sabermos onde se situam? Como em relação aos Partidos Europeus há diferença...penso ser necessário a clarificação! (o tema das cadeiras/lugares na AR estaria agora resolvido...
Obrigado pelo espaço, Sofia.
Sem imagem de perfil

De Luis Novaes Tito a 10.02.2022 às 17:04

Isso mesmo. Os 4 maiores Grupos Parlamentares candidatam e nada mais.
Na Assembleia da República, como em qualquer Assembleia de Voto, compete aos eleitores votarem e elegerem, ou não, os candidatos.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2007
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2006
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D
  248. 2005
  249. J
  250. F
  251. M
  252. A
  253. M
  254. J
  255. J
  256. A
  257. S
  258. O
  259. N
  260. D

Maria Sofia Magalhães

prosas biblicas 1.jpg

À venda na livraria Ler Devagar



caminho dos ossos.jpg

 

ciclo da pedra.jpg

 À venda na Edita-me e na Wook

 

da sombra que somos.jpg

À venda na Derva Editores e na Wook

 

a luz que se esconde.jpg