Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Defender o Quadrado

Nesta casa serve-se tudo a quente. As cadeiras são de pau e têm as costas direitas. Há sempre pão a cozer e o conforto da desarrumação. A porta está sempre aberta... mas fecha-se rapidamente aos vermes que infestam alguns cantos do quadrado. Sejam

No limite

musico sem cabeca.jpg

Músico sem cabeça

Hans Stellingwerf 

 

 

1.

Queremos-te plana sem rugosidades centrais

ou periféricas. Silenciosa no trabalho

da sobrevivência. Transparência total e etérea

na competência da inexistência. Queremos-te invisível

na omnipresença do amaciar da nossa vida.

Aprende.

 

 

2.

No limite do dia escolho a chuva

os passos na calçada que se esvai.

Ao procurar as luzes que se apagam

acendo os olhos solto os cacos

da renovada ilha onde me escondo.

Nada quero e nada sou

neste espaço limitado que escolhi.