Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Dos erros (ex) Presidenciais

por Sofia Loureiro dos Santos, em 17.04.15

Se Ramalho Eanes apoiar a candidatura de Sampaio da Nóvoa para as próximas eleições presidenciais, o PS perde a possibilidade de apresentar, de forma explícita ou não, qualquer outro candidato da área do centro-esquerda que possa ampliar a base de apoio e protagonizar uma verdadeira mudança de ciclo político no País.

 

Como está cada vez mais à vista, o PS foi ultrapassado pelos acontecimentos e não consegue arrancar com alma e coragem, deixando a iniciativa nas mãos das forças políticas mais ou menos marginais à esquerda e nas mãos da direita, com Marcelo Rebelo de Sousa em grande actividade dando gás a esta candidatura.

 

Considero-a (mais) um erro estratégico da esquerda, que se perde nos entrincheiramentos monolíticos e reage a tudo como actos provocatórios, sem que lhe ocorra, àquela histórica esquerda revolucionária, criativa e desestabilizadora, ter alternativas e imaginação. Em vez do descabelamento e das juras de amor eterno ao Texto Constitucional, recusando (por blasfema) a hipótese de discutir a possibilidade de se escrever uma nova Constituição, deveria preocupar-se em avançar com propostas que renovassem a democracia e obrigassem a direita ao desconforto.

 

Infelizmente estamos a assistir ao contrário. Por isso parece-me um erro também de Ramalho Eanes adiantar-se neste apoio, arrumando por mais 10 anos a questão presidencial.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:31


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Teodoro a 17.04.2015 às 16:33

Hello??? legislativas, já ouviu falar? ou tambem quer fazer de conta que não vão existir?
Imagem de perfil

De Sofia Loureiro dos Santos a 17.04.2015 às 18:03

A fazer de conta parecem estar todos quantos insistem em não perceber a importância da definição dos candidatos à Presidência.

Enquanto este assunto não estiver resolvido ninguém vai falar nas legislativas: a direita porque lhe interessa distrair as atenções, a esquerda porque não tem conseguido captar os descontentes e os revoltados. E começa a ser tarde para acordar, se é que não é já tarde de mais.
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 17.04.2015 às 17:32

"Se Ramalho Eanes apoiar a candidatura de Sampaio da Nóvoa para as próximas eleições presidenciais, o PS perde a possibilidade de apresentar, de forma explícita ou não, qualquer outro candidato da área do centro-esquerda que possa ampliar a base de apoio e protagonizar uma verdadeira mudança de ciclo político no País."

O PS perde a possibilidade? Qualquer outro candidato? Mas qual? Assim de repente, não vejo mais ninguém que possa aglutinar com razoável eficácia a área de centro-esquerda e esquerda. Qualquer nome saído directamente do aparelho partidário do PS traria consigo os anti-corpos a essa aglutinação. Basta ver os exemplos anteriores de candidatos da área PS: Soares, o candidato ortodoxo gerou à sua esquerda o candidato-independente Alegre. 5 anos depois, Alegre, agora candidato ortodoxo, gerou o candidato-IPSS Nobre. Quanto mais batem em Sampaio da Nóvoa (que não é mais que bater, por interposta pessoa, em António Costa) mais me convenço que a escolha foi acertada.
Imagem de perfil

De Sofia Loureiro dos Santos a 17.04.2015 às 17:58

Quando me refiro a um apoio do PS a outro candidato não quero com isso dizer que tenha que ser do partido. Aliás até penso que é preferível ser alguém que não seja militante partidário mas que tenha intervenção política - já defendi mais que uma vez a hipótese de candidatura de Guilherme de Oliveira Martins.

A discordância com a candidatura de Sampaio da Nóvoa não é "bater" em ninguém, nem no próprio nem em António Costa. Não percebo a dificuldade em debater política e opções sem os entrincheiramentos do costume.
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 17.04.2015 às 18:43

Não será certamente o seu caso, mas que começaram a bater descabeladamente em Sampaio da Nóvoa, mal se vislumbrou a hipótese de ele ser candidato, isso é inquestionável. Chamaram-lhe radical, desconhecido, folar da páscoa do PS à direita, etc...
Qualquer candidato que seja conotado com António Costa será zurzido adnauseam. Relembro o caso das taxa de turismo lançada por Costa em Lisboa e o alarido que isso provocou, comparado com o silêncio para o mesmo assunto, lançado por Rui Moreira no Porto. Estamos na campanha das legislativas, sem dúvida alguma.
Não tem a ver com entrincheiramentos. Tem a ver com elogiar quem não está e criticar quem avança. Por que carga de água é que Guilherme de Oliveira Martins aglutinaria melhor o espaço centro-esquerda e esquerda? Se falam do discurso redondo de SdN, que dizer do "pensamento político" de GdOM? Se se quer um candidato oriundo da chamada sociedade civil, GdOM não será certamente o caso.
Sem imagem de perfil

De manuel branco a 17.04.2015 às 18:10

Se o tio-bisavô do dito continuar por aí concordo. Se é o sobrinho-bisneto, o do sete vezes sete dispenso. Sair de um fariseu para um sacristão? Valha-nos Deus. Ou quer o da massa da Guiné-equatorial? Esse o fariseu era capaz de gostar.

Ah, eu não sou ps nem de esquerda ou centro-esquerda mas gosto do homem; tem verve. Quanto ao professor da TVI deixe que comecem a desenterrar todas as histórias que por aí andam. Começa logo no tempo do padrinho. Quero ver é como Balsemão vai reagir. Digamos que é capaz de ter que tomar uma aguardente velha. O melhor mesmo é beber a garrafa toda dum trago.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2007
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2006
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D
  248. 2005
  249. J
  250. F
  251. M
  252. A
  253. M
  254. J
  255. J
  256. A
  257. S
  258. O
  259. N
  260. D

Maria Sofia Magalhães

prosas biblicas 1.jpg

À venda na livraria Ler Devagar



caminho dos ossos.jpg

 

ciclo da pedra.jpg

 À venda na Edita-me e na Wook

 

da sombra que somos.jpg

À venda na Derva Editores e na Wook

 

a luz que se esconde.jpg