Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Dos comprovativos necessários.....

.... para exercício físico

por Sofia Loureiro dos Santos, em 23.01.21

fitness covid.png

Acho que estamos a entrar no reino do disparate descabelado e generalizado.

Portanto, eu preciso de fazer exercício físico, e tenho-o feito 4 vezes por semana, com uma PT. É a melhor (e única) forma de combater a obesidade, a hipertensão arterial, a ansiedade, e comprovadamente prevenir inúmeras doenças, da diabetes à demência, passando pela oncológica.

No meio de uma pandemia, em que foi decretado o confinamento geral, gostaria de saber a razão pela qual é preciso um comprovativo para mostrar à polícia, para que esta não me multe por fazer exercício físico na rua.

Não é possível ir aos ginásios - locais fechados. Não é possível ir aos complexos desportivos, como o do Jamor, para treinar ao ar livre - estão interditados. Não se percebe qual o benefício para o impedimento da transmissão viral. Será que são o vento e a chuva a espalharem o vírus? Estão enclausurados nas nuvens?

A minha PT, com imenso receio de ser multada por dar treinos, coloca-se a mais de 2 metros de distância, de máscara, grita por cima da ventania ordens de agachamentos e lounges, comigo de corta-vento e gorro, transportando colchão e halteres. Temos ido para um sítio ermo, desabrigado e sem gente nem casas à volta, para evitar ajuntamentos, mas um pouco longe para ir a pé, até pelo tempo invernoso que se tem feito sentir.

Fiquei agora a saber que não podemos ir de carro e que tenho que ter um comprovativo de morada para apresentar, caso a Polícia mo peça.

Exactamente - comprovativo de morada para poder estar num ermo, ao frio e à chuva, a treinar. Isto quando há artigos científicos que especificam que a transmissão viral é muito mais frequente indoors do que outdoors e que o fitness é uma das actividades que podem (e devem) ser efectuadas, precisamente ao ar livre.

Estamos a atingir um nível de paranóia e demência assustadores. Nada disto ajuda a combater a pandemia, só agrava. Principalmente a pandemia do pânico, que nunca foi bom conselheiro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:44


7 comentários

Imagem de perfil

De Miluem a 24.01.2021 às 14:53

Neste momento estamos todos a pagar pelo comportamento idiota de alguns que se acharam o máximo a mentir às autoridades.
Agora a palavra já vale pouco.
Imagem de perfil

De Sofia Loureiro dos Santos a 25.01.2021 às 09:38

Não sou seguidora da culpabilização dos cidadãos pela pandemia. Uma coisa é responsabilizar, outra muito diferente é delatar, apontar a dedo e tratá-los como criminosos.
Nada disto ajuda.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.01.2021 às 20:32

Sofia,

Estou totalmente de acordo. Pode-se permanecer em locais fechados cujo arejamento fica, muitas vezes a desejar. Mas, quanto pretendo respirar longe de tudo e de todos, não posso: tenho que apresentar justificações!


p.s.: gosto do blog. Parabéns.

Cumprimentos,
João Moreira
Imagem de perfil

De Life Inc a 25.01.2021 às 09:27

Tendo em conta que se pode praticar exercício físico mas sozinho, eu diria que ter um PT consigo está a infringir as regras.

Porque não optar por aulas online com o PT? Conheço muitos que se adaptaram assim.

xoxo
Marta
Imagem de perfil

De Sofia Loureiro dos Santos a 25.01.2021 às 09:37

Marta, tenho experimentado todas as modalidades. Mas porque está a infringir as regras? Ela está a trabalhar e eu a exercitar. Caso estejamos ao ar livre e bastante distanciadas, que regras estamos a infringir?
Imagem de perfil

De Tri a 25.01.2021 às 19:40

Estamos a cair no num exagero ridículo que, diria eu, já não tem base que o suporte.
A reposta a esses 'porquê', é 'porque sim' que é o mesmo que nada, como me diriam em criança.
Faz tanto sentido, como um café não poder vender uma garrafa água.
Percebo que não possam vender uma cerveja, que pode incentivar ao consumo nas redondezas....mas uma água... lá está, o exagero...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D

Maria Sofia Magalhães

prosas biblicas 1.jpg

À venda na livraria Ler Devagar



caminho dos ossos.jpg

 

ciclo da pedra.jpg

 À venda na Edita-me e na Wook

 

da sombra que somos.jpg

À venda na Derva Editores e na Wook

 

a luz que se esconde.jpg