Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Defender o Quadrado

Nesta casa serve-se tudo a quente. As cadeiras são de pau e têm as costas direitas. Há sempre pão a cozer e o conforto da desarrumação. A porta está sempre aberta... mas fecha-se rapidamente aos vermes que infestam alguns cantos do quadrado. Sejam

De marfim

clockworklove paper burning.jpg

Tjep.

Clockwork love paper - burning

 

 

Seria de marfim

etérea a cor e suave de mãos

o doce olhar final sobre o teu rosto.

Seria de coral

firme cantata que os lábios reconheceriam

por entre todas as flores que se enterram

nascentes de água perfumada na estranha

pálida e sombria palavra de escravidão

pelo amor

pelo reino

pelo pão.

 

Ao chegar ao cume da montanha

para lá de qualquer horizonte perdido

as ruas de um passado já deserto

abrem as neblinas encrespadas

e as velas dos navios naufragados

desfazem-se nas asas dos pássaros

de ébano

de fumo

de lume.

 

E assim terá que ser.

Encolhemos de terror e de bravata

lambemos os dedos e choramos as perdas

decididamente mergulhados no tempo que nos resta

por dentro da dor da preguiça do lodo

vamos criando raízes e sugando o mundo

por ti

por mim

por nós.