Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Defender o Quadrado

Nesta casa serve-se tudo a quente. As cadeiras são de pau e têm as costas direitas. Há sempre pão a cozer e o conforto da desarrumação. A porta está sempre aberta... mas fecha-se rapidamente aos vermes que infestam alguns cantos do quadrado. Sejam

Balada de Outono

 

Zeca Afonso

 

Águas

E pedras do rio

Meu sono vazio

Não vão

Acordar

 

Águas

Das fontes

calai

O ribeiras chorai

Que eu não volto

A cantar

Rios que vão dar ao mar

Deixem meus olhos secar

 

Águas

Das fontes calai

O ribeiras chorai

Que eu não volto

A cantar

 

Águas

Do rio correndo

Poentes morrendo

P'ras bandas do mar

 

Águas

Das fontes calai

O ribeiras chorai

Que eu não volto

A cantar

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.