Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Defender o Quadrado

Nesta casa serve-se tudo a quente. As cadeiras são de pau e têm as costas direitas. Há sempre pão a cozer e o conforto da desarrumação. A porta está sempre aberta... mas fecha-se rapidamente aos vermes que infestam alguns cantos do quadrado. Sejam

Raízes

 

 

 

1.

Se olhares por fora

dissecares os hábitos de quem vive

neste pequeno centro sem cor,

se olhares para o negro

que afunda de maré vaza

as nossas praias

se olhares de dentro

fechas definitivamente a fronteira.

 

 

2.

Raízes de sal e algas sem terra firme

construímos as pontes do mundo.

Barcos e cruzes devotos de horizontes

Misturas e raças que nos entranham

sempre em busca do que não temos.

Em frente ao mar o desespero não tem lei.

 

1 comentário

Comentar artigo