Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Entrevista com Defensor de Moura

por Sofia Loureiro dos Santos, em 03.01.11

 

A entrevista a Defensor de Moura, que acabou agora mesmo na RTP1, foi medíocre, por culpa da entrevistadora. Para Judite Sousa não foi importante tentar esclarecer os eleitores sobre as ideias que Defensor de Moura tem ou não tem. As perguntas focaram-se nas divergências com as candidaturas de Cavaco Silva e Manuel Alegre, sobre os anos de autarca e sobre os baixos custos da campanha, mas sempre com pendor pessoal, na tentativa de transformar a entrevista numa sucessão de escárnio e mal dizer.

 

Pela primeira vez tive ocasião de ouvir Defensor de Moura e gostei. Gostei até muito.

 

Uma coisa é certa. É absolutamente necessário tentar que haja uma segunda volta. Tudo é preciso para mobilizar os votantes. Embora não me reconheça em nenhum dos candidatos, reconheço-me ainda menos na presidência protagonizada por Cavaco Silva. Em democracia, com eleições livres, não há inevitabilidades.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:20


10 comentários

Sem imagem de perfil

De Porfírio Silva a 03.01.2011 às 22:40

Eu teria gostado mais se a Judite não tivesse caprichado em levar a conversa sistematicamente para as laterais.
Imagem de perfil

De Sofia Loureiro dos Santos a 03.01.2011 às 22:53

Porfírio, esse era mesmo o objectivo.
Imagem de perfil

De Irene Pimentel a 03.01.2011 às 22:47

de acordo com tudo, Sofia. Já agora, ano feliz
Imagem de perfil

De Sofia Loureiro dos Santos a 03.01.2011 às 22:54

Obrigada, Irene, bom ano para si também.
Sem imagem de perfil

De mdsol a 03.01.2011 às 22:51

É isso, Sofia. Tudo o que puder ser feito para mobilizar os eleitores, de modo a haver 2ª volta, deve ser feito.

:))
Imagem de perfil

De Sofia Loureiro dos Santos a 03.01.2011 às 22:55

MDSOL, tudo contra a abstenção.
Sem imagem de perfil

De Ana Paula Fitas a 04.01.2011 às 00:48

Bom Ano, Sofia :)
Faço link.
Abraço.
Sem imagem de perfil

De Nuno a 04.01.2011 às 09:57

A JS é uma fraca e parcial entrevistadora e tem-no demonstrado inúmeras vezes. Não percebo pq não é afastada deste tipo de programas. Há de certeza na RTP quem faça melhor, mais isento e mais esclarecedor!
Sem imagem de perfil

De pink a 04.01.2011 às 10:04

Judite de Sousa procurou desviar Defensor de Moura do essencial e ele foi na onda,talvez por vaidade...ou táctica!Veremos.

Foi pena,independentemente das razões,porque põe o dedo nas feridas,é frontal e expõe com clareza.

A jornalista é nitidamente tendenciosa e obstrutiva,quando lhe interessa.No serviço público é inadmissível. O candidatou deixou...e serviu-a apreceito..
Sem imagem de perfil

De aires bustorff a 04.01.2011 às 21:04

E UMA CANDIDATURA DE CORAGEM, ATÉ CONTRA ESSAS AVEZINHAS DE ARRIBAÇÃO QUE FAZEM AS GRANDES ENTREVISTAS DA TV PUBLICA.

MAS ONDE DEFENSOR FOI GRANDE FOI NO AFRONTAR DO CANDIDATO CAVACU, ONDE NEM A JUDITHZINHA O SAFOU...

ABRAÇO

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2011
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2010
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2009
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2008
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2007
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D
  235. 2006
  236. J
  237. F
  238. M
  239. A
  240. M
  241. J
  242. J
  243. A
  244. S
  245. O
  246. N
  247. D
  248. 2005
  249. J
  250. F
  251. M
  252. A
  253. M
  254. J
  255. J
  256. A
  257. S
  258. O
  259. N
  260. D

Maria Sofia Magalhães

prosas biblicas 1.jpg

À venda na livraria Ler Devagar



caminho dos ossos.jpg

 

ciclo da pedra.jpg

 À venda na Edita-me e na Wook

 

da sombra que somos.jpg

À venda na Derva Editores e na Wook

 

a luz que se esconde.jpg