Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Defender o Quadrado

Nesta casa serve-se tudo a quente. As cadeiras são de pau e têm as costas direitas. Há sempre pão a cozer e o conforto da desarrumação. A porta está sempre aberta... mas fecha-se rapidamente aos vermes que infestam alguns cantos do quadrado. Sejam

Blogues do ano

 

Nesta altura do ano, que é tão boa como qualquer outra mas na verdade o fim e o início dão sempre jeito para balanços, multiplicam-se as listas de livros, filmes, músicas, cantores, figuras e blogues do ano. Todas estas listas dependem do gosto e dos interesses de quem as faz, como é lógico.

 

O problema é sempre de amostragem. Parece-me até soberba escolher os blogues do ano num universo tão infinito como os universos o são, por definição, quando eu apenas visito uma ínfima parte desse mundo. Mas mesmo assim, de todos aqueles que leio, uns com gosto, outros com raiva, uns com curiosidade, outros com indiferença, há alguns a que eu dou particular destaque.

  • ana de amsterdam - depurado, esquálido, com textos de uma sensibilidade, rigidez, realismo e fantasia estranhos e envolventes, música que foge ao habitual, irregular, como o ritmo da vida;
  • Aspirina B - actualidade, espírito crítico contundente, muitíssimo bem escrito, sagaz e divertido;
  • É tudo gente morta - sofisticado, requintado, de uma estética formal e de conteúdo excepcional, em que os temas abordados rompem a rotina do dia-a-dia;
  • Garfadas on line - erudição à volta das cozinhas, dos alimentos, dos restaurantes, da arquitectura, da publicidade, das embalagens, dos rótulos, das ementas, das fábricas, extraordinário;
  • gravidade intermédia - amargura, ternura, sofrimento, generosidade, de uma gravidade que nos toca e nos marca;
  • Herdeiro de Aécio* - brilhante, variado, divertido, irritante, um manancial de pequenas histórias que fazem parte da História, imperdível e inclassificável.
  • Horas Extraordinárias - os livros oferecidos e comentados com uma simplicidade surpreendente, informativo e viciante;

Quase sempre prefiro blogues individuais, talvez porque têm uma linha mais coerente, uma personalidade mais marcada. No entanto há, nesta lista, dois blogues colectivos que conseguem essa coerência com múltiplos colaboradores. Obrigada a todos pelas horas de entretenimento, informação e questionamento que me proporcionaram.

 

*Há que dizer que a imparcialidade em relação a este blogue é sempre tentada mas, se calhar, não conseguida. A. Teixeira é alguém que me é muito chegado...

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.