Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Operação "A Regra do Jogo"

por Sofia Loureiro dos Santos, em 29.05.10

 

Jack Ruttan: spy couple

 

Última hora:

  

Os agentes infiltrados SLS e PS, respectivamente primeira e segundo agentes infiltrados n'A Regra do Jogo, foram descobertos pelo persistente e diligente caça agentes, nome de código O Réptil. As nossas fontes adiantam que estes agentes se terão infiltrado pelas costuras das bainhas descosidas de O Réptil, ficando conhecedores de todas as redes de emails trocados pelas www do SIMpleX e do Jamais, chegando-se mesmo a aventar a hipótese de haver que costurar até ao mais alto nível.

  

O Réptil tem conseguido passar informação através de um blogue amigo que se dispôs a arriscar a própria vida. Não nos podemos esquecer que foi necessário exterminar totalmente A Regra do Jogo, para conseguir fugir à teia urdida por aqueles dois agentes.

 

Aguardam-se novos desenvolvimentos e a revelação de outras bainhas a descoserem-se. Estejam atentos aos nossos serviços noticiosos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:30


21 comentários

Sem imagem de perfil

De mdsol a 29.05.2010 às 20:44

Fui ver. Ainda falam das mulheres de soalheiro e dos arruaceiros das claques de futebol. ..

Sofia, desculpe meter-me, mas para que é que lhe liga? Sabe, há um tipo de criaturas que precisam de palco. Nem que para o terem só pensem, digam e façam disparates.

[Aqui entre nós, eu não estava mesmo a perceber o significado de SLS.]

Imagem de perfil

De Sofia Loureiro dos Santos a 29.05.2010 às 22:02

Tem toda a razão, Mdsol . Mas às vezes é difícil.
Sem imagem de perfil

De A.Teixeira a 29.05.2010 às 22:12

Apesar do que a Maria do Sol acima escreve, e com razão, não invalida que tenhamos aqui um belo naco de prosa de uma ironia superior.

Apesar do pretexto próximo terem sido as demências de um caso psiquiátrico.
Sem imagem de perfil

De mdsol a 30.05.2010 às 17:39

"...que tenhamos aqui um belo naco de prosa de uma ironia superior. " concordo plenamente. Eu sei que deveria ter referido a qualidade do texto, mas até eu fiquei fiquei irritada. Tanto que fui lá fazer-lhe uma pergunta. Que, diga-se em abono da verdade, não mereceu resposta.
Sem imagem de perfil

De mdsol a 30.05.2010 às 19:54

Já mereceu. E que resposta. Hilariante.
Imagem de perfil

De Sofia Loureiro dos Santos a 30.05.2010 às 21:17

Deixe Lá, Mdsol, sempre podemos viver um pouco do ambiente da guerra fria "à la" Carlos Santos.
Sem imagem de perfil

De Francisco Clamote a 30.05.2010 às 01:10

Não consigo perceber o que passa pela cabeça do "réptil". Julgará ele que toda a gente é como ele?
Abraço.
Sem imagem de perfil

De burns a 04.06.2010 às 21:16

não meu caro
se reparar com atenção vai ver que há gente muito pior
Sem imagem de perfil

De Porfírio Silva a 30.05.2010 às 16:21

Sofia, eu deixei de ler o réptil a meio. Suponho pelos seus posts que ele continue a destilar, mas não estou para isso. Entretanto, o seu texto é delicioso. Pena que o réptil não seja capaz de o perceber. O único senão, Sofia, é que a transformação de SLS e PS num casal de espiões arrisca-se a dar ideias ao réptil... Além de que, manifestamente, a ilustração que escolheu não nos favorece nada: somos muito mais jeitosos do que a figura sugere - ou isso é mais um dos seus truques de espia para disfarçar?!

Eu já fiz um ajuste no meu sistema de detecção de referências à minha pessoa na internet (sistema fornecido directamente pelo Sócrates, que mo transmitiu por SMS): sempre que é detectado um escrito do réptil que me aponte o dedo, em vez do link dele aparece-me um desenho: um porco com asas. Assim, perco a tentação de ir ver as baboseiras que ele escreve. Na verdade, só temo uma coisa: é que algum dia, num acesso de raiva, me decida a publicar certos emails dele que estão no nosso conhecimento e que mostram que tipo de pessoa ele é. E não quero fazer isso, já que isso seria seguir os mesmos métodos dele.

Beijos, Sofia. E divirta-se, que é o melhor remédio.
Imagem de perfil

De Sofia Loureiro dos Santos a 30.05.2010 às 17:50

PS, cuidado, que pode comprometer o nosso disfarce e os métodos do nosso..., bem sabe...

Voltemos à clandestinidade (qualquer comunicação urgente será feita por sms)
Sem imagem de perfil

De Cristina Loureiro dos Santos a 30.05.2010 às 17:16

Como dizem os nossos irrmãos do Brasil pelamordiDeus !!!! <-- [cheio de sotaque]

Lololololololol

Fui ler hoje, porque foi a única coisa que me colocou um sorriso (de estupefacção, é certo...) na minha cara.

Concluí que continua a haver pessoas sem nada, rien, nothing, népias, que fazer... ou então... nem digo o que me passa pela cabeça... Lololol

Sofia, eu faria o que o que o Porfírio diz...

Beijinhos ;)
Sem imagem de perfil

De Joaquim Paulo Nogueira a 30.05.2010 às 23:50

Sofia,
mais um a dizer-lhe, não ligue ao Carlos Santos. Ele teve o seu momento de glória na RJ e depois vendeu bem esse capital mediático conseguindo uma pagela no I e uma boleia no Corta Fitas onde lhe gabam o modo como vai às canelas de Sócrates (que bem merece umas ferroadas, no meu entender!). Ainda bem. Um tipo tem de ter (alguma) utilidade e os tipos que lhe louvam a frontalidade quando perceberem que essa frontalidade é outra coisa, que se avenham com a encomenda. Leu-lhe o post? O homem parece que engoliu um cronómetro e está tão cheio daquilo que até rebenta de parvoíce. Aliás, como já o avisou um adepto do corta fitas. Ele é um dó de alma. abraço
JPN
Sem imagem de perfil

De António Lopes a 01.06.2010 às 10:44

Sinceramente o sujeito é divertido, e a história é tão boa que os visados deveriam, não direi ajudá-lo mas pelo menos contribuir para a história. Com uns sinais cabalísticos, umas meias frases cheias de segundas e terceiras leituras, umas siglas que ninguém percebesse (nem os próprios), e umas citações de livros esotéricos, acho que a história ainda renderia muito mais, uns disparates ainda maiores e, portanto, uns bons momentos de boa disposição para os leitores - o meu egoísta interesse, peço desculpa.....
Sem imagem de perfil

De Zé Dias da Silva a 01.06.2010 às 23:20

Se calhar teve a sua estrada de Damasco.
Em todo o caso, e até eu reparei, o discurso ideológico de CS mudou de tal ordem que, se calhar, ele passou foi por duas estradas de Damasco!
Quanto ao mais, é despeito por terem sido enganados.
Ninguém gosta.
Sem imagem de perfil

De burns a 04.06.2010 às 17:14

diga-nos só que é mentira para ficarmos descansados
a ética devia ser obrigatória para se aceder a cargos publico
Imagem de perfil

De Sofia Loureiro dos Santos a 04.06.2010 às 21:08

Não sei bem o que devo desmentir. O facto de ser uma agente infiltrada no blogue "A Regra do Jogo"? Agente de quê ou de quem? Infiltrada num blogue para o qual fui convidada pela personagem Carlos Santos?

O que é digno de nota é o facto de me sentir compelida a justificar-me como se tivesse cometido algum crime, eu ou qualquer pessoa que tenha feito campanha pelo PS, militante, simpatizante ou apenas curiosa. Que esteja criado um clima que condena as pessoas com base em suspeições levantadas com base em trocas de emails, escutas telefónicas ou conversas de café.
Sem imagem de perfil

De burns a 04.06.2010 às 21:14

não era bem isso que eu estava a perguntar, eu gostava é que desmentisse o carlos santos , nomeadamente na parte em que fala de assessores a utilizarem meios públicos para propagandearem o governo através de memorandos com a chancela do governo
o resultado da propaganda e da fantasia está a vista e ainda ninguém desmentiu o carlos santos,vejo antes tentativas desnexadas para o ridicularizarem,isso só confirma a versão dele
ps.-obviamente que não tem que se justificar por apoiar a,b ou c
cheers
Imagem de perfil

De Sofia Loureiro dos Santos a 04.06.2010 às 21:43

Nem tenho que comentar o facto de os assessores do governo entrarem em blogues de apoio a um qualquer partido porque são cidadãos que não têm os direitos cívicos coarctados.
Quanto aos memorandos governamentais de que Carlos Santos fala, eu pertenci ao SIMpleX e nunca tive acesso a tais documentos. Mas o que acho impressionante é isso ser condenável, visto que também ainda não foi demonstrado que tivesse sido usada qualquer informação confidencial ou que prejudicasse fosse quem fosse. Quanto às horas gastas, folhas de papel e computadores também não lhe sei dizer a que horas e que ferramentas informáticas os meus companheiros de blogue usaram. Sei as que eu usei. E também já fui acusada de ser uma "péssima médica" que passava a vida a falar sobre os problemas dos professores, e que "devia" estar a fazê-lo no meu horário de trabalho.
Sem imagem de perfil

De burns a 04.06.2010 às 21:49

o problema se calhar é mesmo esse,não se achar que a utilização de meios que deviam ser públicos e informação que se calhar era classificada para se fazer campanhas está errado
se a coisa é tão transparente porque raio os assessores não o fazer abertamente mas sim sob anonimato?
gostava de perceber isto
Imagem de perfil

De Sofia Loureiro dos Santos a 04.06.2010 às 22:13

Se calhar, deviam, palavras que leio muito mas que mostram como é fácil levantar suspeitas. As pessoas têm a liberdade de escrever sob o nome que quiserem ou sob anonimato. "burns " é o seu nome? Ou é um pseudónimo? E o que é que eu tenho a ver com isso?
Sem imagem de perfil

De burns a 05.06.2010 às 18:45

peço desculpa por incomodar novamente,mas não me parece correcto comparar-me, um simples cidadão no desemprego,com pessoas com responsabilidades politicas,essas são tudo menos anónimas,eu não tenho acesso a memorandos nem a meios governamentais
há qualquer coisa de muito errado no que diz respeito a ética,nos últimos anos este conceito degradou-se completamente
obrigado pela simpatia
cheers

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D

Maria Sofia Magalhães

prosas biblicas 1.jpg

À venda na livraria Ler Devagar



caminho dos ossos.jpg

 

ciclo da pedra.jpg

 À venda na Edita-me e na Wook

 

da sombra que somos.jpg

À venda na Derva Editores e na Wook

 

a luz que se esconde.jpg