Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Adopção de crianças

por Sofia Loureiro dos Santos, em 05.10.09

 

 

Em relação à adopção de crianças devo esclarecer que não tenho qualquer opinião de princípio quanto à adopção de crianças por casais homossexuais, tais como a não tenho por casais heterossexuais ou por famílias monoparentais. As pessoas candidatas à adopção devem ser avaliadas uma a uma, e os casais deverão sê-lo casal a casal.

 

Na vida real há crianças em famílias de todos os tipos e feitios e não é o facto de estarem em famílias resultantes de casais heterossexuais que as transformam em heterossexuais ou homossexuais, gordos ou magros, calmos ou agitados, preguiçosos ou trabalhadores, etc. Tanto quanto sei, há alguns estudos com resultados sobreponíveis e que demonstram que a orientação sexual dos pais/educadores não influenciam os comportamentos (sexuais ou outros) das crianças.

 

Por outro lado é preciso que ressalve o facto de a maior parte dos artigos sobre trabalhos científicos que são abordados nos jornais são-no, salvo honrosas excepções, de uma forma incorrecta, pouco rigorosa e realçando frases que, inclusivamente, são retiradas do contexto em que foram proferidas.

 

Após este preâmbulo fiquei perplexa com o artigo que saiu no DN online de hoje, citando um estudo efectuado por Vanessa Ramalho, sob a orientação do pedopsiquiatra Eduardo Sá, intitulado Homoparentalidade: estudo da adequação homoparental, tendo como base (quantas entrevistas?/durante quanto tempo?/como foram seleccionados os casais?/...) 25 heterossexuais e 25 homossexuais (depreendo que sejam casais com filhos adoptados, porque isso não é referido, tal como não é referido o método de estudo), que

 

(...) E vai ao ponto de afirmar que pais homossexuais até podem trazer vantagens para a educação de uma criança*, até porque um filho resulta, em geral, de muita ponderação e tempo de espera. (...)

 

E eu, que entendo a orientação sexual como uma característica pessoal, que não é desvantagem para coisa nenhuma, nomeadamente para adoptar crianças, chego à conclusão que, pelo contrário, ser heterossexual até pode ser um óbice no que diz respeito à adopção e educação de crianças.

 

Partindo do princípio que o estudo citado tem muito pouco a ver com a redacção do artigo do DN, percebem-se os seus objectivos. No entanto, este tipo de notícias não defende a causa a favor da adopção por homossexuais nem a credibilidade e o rigor científicos de quem os faz e de quem os divulga.

 

Nota: * realce meu.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:03


2 comentários

Imagem de perfil

De flordomeujardim2010 a 10.03.2010 às 17:50

Eu estou num processo de adoção,vou no dia 25 de março a uma entrevista...seja o que deus kizer
Imagem de perfil

De Papi a 01.03.2011 às 11:53

Gostava de chamar a atenção para esta história de adopção de um menino de 4 anos: http://o_joaozinho.blogs.sapo.pt/431.html

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D

Maria Sofia Magalhães

prosas biblicas 1.jpg

À venda na livraria Ler Devagar



caminho dos ossos.jpg

 

ciclo da pedra.jpg

 À venda na Edita-me e na Wook

 

da sombra que somos.jpg

À venda na Derva Editores e na Wook

 

a luz que se esconde.jpg