Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Defender o Quadrado

Nesta casa serve-se tudo a quente. As cadeiras são de pau e têm as costas direitas. Há sempre pão a cozer e o conforto da desarrumação. A porta está sempre aberta... mas fecha-se rapidamente aos vermes que infestam alguns cantos do quadrado. Sejam

Barricadas

 

(pintura de Andrew Wyeth)

 

Há a tristeza de reconhecer
que rios de revolta nos uniam
naqueles dias serenos do amanhecer

momentos tão longínquos como a verdade
que se escapa em redondas palavras
em gestos estudados e banais.

 

Perdemos a frescura de acreditar em nós
enfrentamos medos diários
nos socalcos das fundas rugas
frágeis e sós barricados de gelo.
 

2 comentários

Comentar artigo