Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Defender o Quadrado

Nesta casa serve-se tudo a quente. As cadeiras são de pau e têm as costas direitas. Há sempre pão a cozer e o conforto da desarrumação. A porta está sempre aberta... mas fecha-se rapidamente aos vermes que infestam alguns cantos do quadrado. Sejam

Marcas

Passamos pelas pessoas ao de leve quase sempre sem reparar que também por nós passam, que também a nós nos tocam. E quando a vida nos agita percebemos o relevo da tinta com que nos marcamos, com que reconhecemos quem nos marca. Surpreendidos, intimidados, não sabemos muito bem porque estranhos motivos há alguém que nos transforma, só por existir, mesmo que não repare que existimos.

 

E subitamente sentimo-nos tão perto, mesmo estando longe, mesmo que nem sequer saibamos a distância que nos separa. E inevitavelmente sentimo-nos presentes, mesmo na ausência do que não entendemos.
 

 

(Christine Harfleet - escultura de vidro: no killing fileds)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.