Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Defender o Quadrado

Nesta casa serve-se tudo a quente. As cadeiras são de pau e têm as costas direitas. Há sempre pão a cozer e o conforto da desarrumação. A porta está sempre aberta... mas fecha-se rapidamente aos vermes que infestam alguns cantos do quadrado. Sejam

Sócrates na câmara (escura?)

Acordei hoje com o Rádio Clube Português e a bombástica notícia da iminente candidatura de António Costa à Câmara lisboeta. Luís Osório assegurou que tinha informações seguras de que António Costa já tinha aceite, analisando satisfeito que o PS queria mesmo ganhar as eleições.

À medida que o dia foi avançando a notícia diluiu-se, nos jornais on-line nada se diz, discute-se nalguns bogues a sageza da decisão de Sócrates, avançam-se nomes como Silva Pereira para a substituição de António Costa mas, na verdade, fica-se com a suspeita de que esta foi uma manobra de diversão lançada, talvez, por alguns sectores dentro do PS, e que nada está confirmado.

Ganhar a Câmara de Lisboa no meio da legislatura é muito importante para o PS, principalmente porque estas eleições têm sempre uma dimensão nacional.

Mas há o risco de as perder, mesmo com António Costa. O que significaria uma aposta muito forte, perdida, com custos elevadíssimos também no governo que, irremediavelmente, teria que ser remodelado.

Silva Pereira não tem a dimensão política de António Costa. Não me parece nada bem que seja esta a solução de Sócrates. A não ser que esteja desesperado, e o desespero nunca foi bom conselheiro.

Adenda: Não é verdade que a notícia não esteja nos jornais on-line, pelo menos agora. Tanto o Expresso, como o Jornal de Notícias, como o Público, como o Sol, referem a hipótese de António Costa.

3 comentários

Comentar artigo