Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Defender o Quadrado

Nesta casa serve-se tudo a quente. As cadeiras são de pau e têm as costas direitas. Há sempre pão a cozer e o conforto da desarrumação. A porta está sempre aberta... mas fecha-se rapidamente aos vermes que infestam alguns cantos do quadrado. Sejam

Não fiz greve

Eu hoje não fiz greve.

Por muito que me incomodem alguns indicadores como o aumento do fosso entre os muito ricos e os muito pobres, os lucros obscenos no sector bancário, os oligopólios das empresas de comunicação e petrolíferas, o poder de grupos profissionais que emperram a mudança, apesar de tudo, este governo tem sido o melhor governo que temos desde há muitos anos, desde os governos de Guterres.

Todos os trabalhadores têm razão de queixa, não são só os funcionários públicos. E ao contrário da intensa campanha que nos tenta convencer que este governo é de direita, que quer desmantelar o SNS, a educação pública, acabar com as reformas e empobrecer a população, o que eu vejo é uma tentativa honesta e inadiável de reformar o estado, de gerir melhor os recursos, de tentar equilibrar as contas públicas.

Adenda: não deixando de registar a coincidência de ter saído hoje, a sondagem TSF/DN/Marktest demonstra que o PS está, novamente, perto da maioria absoluta. Se calhar, há mais pessoas a pensar como eu.

4 comentários

Comentar artigo