Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Quino

por Sofia Loureiro dos Santos, em 30.09.20

quino.jpg

Quino

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:18

Fuga aos impostos

por Sofia Loureiro dos Santos, em 28.09.20

trump taxes.JPG

The New York Times

Será que os americanos dão mais importância à fuga aos impostos que a todas as outras misérias de Trump?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:59

Neurótica, eu?

por Sofia Loureiro dos Santos, em 28.09.20

crazy woman (2).jpg

 

Neurótica, eu?

Nem pensar. Estou calma e serena, aliás como sempre.

É claro que toda esta situação é desafiante, mas estamos à altura dos acontecimentos.

Tenho mantido uma distância confortável dos telejornais, comentadores e programas de (des)informação, tal a vontade de usar todos os métodos de tortura conhecidos e desconhecidos em todos os que me aparecem pela frente, perorando sobre vírus, medidas de saúde pública, estatísticas de infecções e óbitos.

Também me tenho poupado a tudo o que nos mostre como esta experiência nos melhora e enriquece, principalmente no vocabulário vernáculo e na criatividade com que se procuram projécteis à mão de semear.

Estou portanto a evoluir no sentido positivo de alguém que vê fantásticas oportunidades no obscurantismo e na histeria das redes sociais, na ignorância e demissão dos nossos jornalistas, na mediatização da insanidade.

Neurótica, eu?

Nem pensar!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:16

Presidenciais 2021 - Ana Gomes

por Sofia Loureiro dos Santos, em 26.09.20

ana_gomes.jpg

 

Muito me separa de muitas posições e opiniões de Ana Gomes. Mas aplaudo a sua candidatura presidencial.

Nunca acreditei na candidatura de Marcelo Rebelo de Sousa. Depois não acreditei na sua vitória. Depois espantei-me com a sua capacidade de serenar, apaziguar e descrispar a nossa sociedade e da forma como prestigiou o cargo presidencial após a desgraça fúnebre do Excelentíssimo Aziúme.

Mas Marcelo Rebelo de Sousa tem tido ultimamente intervenções, das demasiadas que ao longo do mandato se multiplicaram, em que se esquece (verdadeiramente ou estrategicamente) que não é para comentador nem para professor que o cargo de Presidente da República existe.

É indispensável que haja debate político. Ana Gomes é muito bem vinda.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:57

Just Breathe

por Sofia Loureiro dos Santos, em 26.09.20

 

Yes I understand
That every life must end
As we sit alone
I know someday we must go

Oh, I'm a lucky man
To count on both hands
The ones I love
Some folks just have one
Yeah, others they got none

Stay with me
Let's just breathe

Practiced on our sins
Never gonna let me win
Under everything
Just another human being

Yeah, I don't want to hurt
There's so much in this world
To make me bleed

Stay with me
You're all I see

Did I say that I need you?
Did I say that I want you?
What if I did and I'm a fool you see
No one knows this more than me
'Cause I come clean

I wonder everyday
As I look upon your face
Everything you gave
And nothing you would take
Nothing you would take
Everything you gave

Did I say that I need you?
Oh, did I say that I want you?
What if I did and I'm a fool you see
No one knows this more than me
'Cause I come clean

Nothing you would take
Everything you gave
Hold me 'til I die
Meet you on the other side

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 17:05

Pandemia

por Sofia Loureiro dos Santos, em 26.09.20

pandemia.jpg

Não ficámos melhores nem mais solidários nem mais atentos nem mais espirituais. Não ficámos mais calmos nem mais produtivos nem mais descansados. Não encontrámos a resposta ao vazio nem solução para a desilusão nem cura para a ansiedade.

Ficámos mais medrosos mais preconceituosos mais cobardes mais descrentes mais tristes mais sozinhos mais abandonados mais presos. Estamos mais pobres.

Encerrámo-nos nas nossas certezas e olhamos os outros como ameaças. Corremos as cortinas temendo a contaminação das ideias das dúvidas dos corpos dos excessos. Transformámos o exíguo em desmando. Avaros de ternura e de entrega.

Não. Não estamos melhor. Estamos muito pior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:21

Assepsia

por Sofia Loureiro dos Santos, em 16.09.20

lonely-people-the-tree-hugger-project.jpg

Lonely Tree, Lonely People, The Tree Hugger Project

Agnieszka Gradzik & Wiktor Szostalo

 

Arrancaremos da pele esta penugem

ninhos de impurezas parasitas

mesmo que amaciem de ternura

abraços e quenturas de amantes.

Lavaremos da cor e da saudade

os olhos que de lágrimas dispersas

atentam ao sorriso disfarçado

que as rugas já não podem esconder.

 

Seremos puros e lisos como o sol

queimados de tantas luas solitárias

esbeltos e eternos imolados

em estacas de ócio e de tristeza

sem raízes sem pó e sem ninguém

que segure o infinito que habitamos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:11

Lampiões

por Sofia Loureiro dos Santos, em 13.09.20

lampiao e banco.jpg

 

Não sei o que se passa com os candeeiros. Não alumiam. Não percebo porquê. São os mesmos há trinta e tal anos e deve ser por isso. Foram perdendo vigor.

O que é um enorme aborrecimento porque ler está a transformar-se num exercício de grande exigência. Inclino-me para o candeeiro para iluminar a página, afasto o livro e levanto o queixo, tentado usar a progressividade dos óculos. O livro fica de novo na sombra. Tiro os óculos e tento usar a miopia não corrigida.

Viro e reviro o candeeiro mas ele de mortiço não passa.

Acho que vou ter que comprar uns lampiões para colar ao lado da cama, que se transformará num óptimo banco de jardim.

Ou então ler ao microscópio.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:02

Manto

por Sofia Loureiro dos Santos, em 12.09.20

Anna_Chromy_Cloak_Of_Conscience.jpg

Cloak of Conscience

Anna Chromy

 

Não dei por ele. Este manto de tristeza

que me vai afogando. Como água lamacenta

que alastra. Uma nódoa de sono. Uma infinita

cama de grades. Não dei por ela. Esta lassidão

da desistência. Sopro.

E não desaparece.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:58

Casulo

por Sofia Loureiro dos Santos, em 01.09.20

la chasse.jpg

Graça Morais

 

Acordei com as dores dos pássaros

asas sem voo pesadas de azul.

A casa como casulo de insectos

nas metamorfoses do silêncio

enrolados e secos de humanidade.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:50


Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.




Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D

Maria Sofia Magalhães

prosas biblicas 1.jpg

À venda na livraria Ler Devagar



caminho dos ossos.jpg

 

ciclo da pedra.jpg

 À venda na Edita-me e na Wook

 

da sombra que somos.jpg

À venda na Derva Editores e na Wook

 

a luz que se esconde.jpg