Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Defender o Quadrado

Nesta casa serve-se tudo a quente. As cadeiras são de pau e têm as costas direitas. Há sempre pão a cozer e o conforto da desarrumação. A porta está sempre aberta... mas fecha-se rapidamente aos vermes que infestam alguns cantos do quadrado. Sejam

Espumas


A “espuma política” – nova expressão de politiquês. Só hoje já deparei com ela duas vezes.

Pelos vistos é cada vez mais espuma e menos política.

Cavaco Silva trocou as voltas à oposição. Em vez do estafado “recado”, “ralhete” ou “puxão de orelhas”, lembrou-se da sua social-democracia e apelou a um “pacto” (mais um) para combater a exclusão social. A verdade é que deixou os bloquistas e os comunistas à nora. Como dizer mal?

Deixa-me triste o triste espectáculo dos mesmos sindicatos com as mesmas palavras de ordem, aproveitando as mesmas desgraças, a clamar pelas mesmas reivindicações, todos os anos, desde há 32.

A contestação transformou-se em espuma contestatária, na espuma da memória da espuma dos anos.

3 comentários

Comentar artigo