Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Defender o Quadrado

Nesta casa serve-se tudo a quente. As cadeiras são de pau e têm as costas direitas. Há sempre pão a cozer e o conforto da desarrumação. A porta está sempre aberta... mas fecha-se rapidamente aos vermes que infestam alguns cantos do quadrado. Sejam

À beira do abismo

Temos um Primeiro-Ministro muito silencioso, mesmo quando os segundos ou terceiros fazem um ruído aterrador.

Temos um Presidente que, qual triste menino bem comportado, vai dizendo, quase a medo, algumas verdades a que ninguém dá importância.

Temos uma Assembleia da República, onde estão os representantes da nação, que fazem birras e apontam dedos acusadores a quem diz o que pensa.

Sempre é verdade que os números do desemprego estão a ser manipulados? E que se passa com o urgentíssimo e rigorosíssimo inquérito às listas de telefones de altas entidades, que estavam sob investigação? Souto Moura ainda existe? E não pintou a cara de preto? Ou seja, ainda tem cara?

E o MIT, José Tavares, Mariano Gago e outros? Em que ficamos?

Enfim, por vezes é difícil acreditar que o país já existe há 800 anos. Parece que está sempre à beira do desmoronamento!

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.