Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Defender o Quadrado

Nesta casa serve-se tudo a quente. As cadeiras são de pau e têm as costas direitas. Há sempre pão a cozer e o conforto da desarrumação. A porta está sempre aberta... mas fecha-se rapidamente aos vermes que infestam alguns cantos do quadrado. Sejam

Arranjos florais

 

Não sou particularmente versada em decoração. Gosto de coisas bonitas e de me sentir bem, como todos, calculo, mas a paciência para procurar objectos, passear por lojas e experimentar, escasseia.

 

Hoje surpreendi-me a mim própria. Queria um arranjo de flores, de preferência secas - não gosto de flores artificiais. Encontrei umas de cores variadas e muito bonitas. O problema foi o suporte. Uma jarra de vidro não condizia. O que ficava mesmo bem era uma espécie de vasilhame de alumínio, grande, mas que servia só de expositor. Grande problema. Até que olhei para umas gaiolas de pássaros, decorativas, de metal preto.

 

Enfiei as flores, de vários tamanhos e formas, de várias cores e tonalidades, pelas grades da gaiola. Ficou espantoso. Bonito, discreto, sofisticado, delicioso.

 

Será que errei a vocação? Ou a idade está a transformar-me numa dondoca?

 

8 comentários

Comentar artigo