Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Defender o Quadrado

Nesta casa serve-se tudo a quente. As cadeiras são de pau e têm as costas direitas. Há sempre pão a cozer e o conforto da desarrumação. A porta está sempre aberta... mas fecha-se rapidamente aos vermes que infestam alguns cantos do quadrado. Sejam

Século XXI

Aí está ela, a austeridade, os cortes de salários, os congelamentos, os impostos, mais aperto ao consumo, mais desemprego, a recessão.

 

Aí está o falhanço deste governo, desta Europa, deste sistema. Aí está a repetição da receita da crise e dos mercados que pedem mais, cada vez mais.

 

O que vai fazer o PS do seu programa político? O que vai fazer o PSD das suas ameaças contra o OE de 2011?

 

O que vamos nós fazer ao percebermos que, votemos o que votarmos quem decide são os mercados, aqueles em quem ninguém vota mas que são os donos e senhores do mundo?

Bastidores

 

É importante que se perceba como está a execução orçamental de 2010. Teixeira dos Santos tem credibilidade mas ela joga-se agora. Perante o extremar de posições dos líderes dos principais partidos políticos - Passos Coelho para se afirmar perante os críticos do seu próprio partido, contrários ao compromisso com o PS, Sócrates numa fuga em frente para se afirmar perante o eleitorado de esquerda - já percebemos que a actuação do Ministro das Finanças é crucial para o desencadear de uma verdadeira crise, não a encenada.

 

Parece que Bruxelas está optimista. Ainda bem, porque escasseia a esperança.

Um dia como os outros (69)

 

(...) Os dados da execução orçamental até Agosto mostram que é possível alcançar a meta do défice assumida para este ano, garantiu Amadeu Tardio, porta-voz do comissário para os Assuntos Económicos, Olli Rehn. Mas cumprir o objectivo de cortar o défice dos 9,3% do PIB, registados em 2009, para os 7,3% prometidos, vai exigir uma monitorização cuidadosa da evolução da receita e mão-de-ferro na despesa, frisou.

O porta-voz de Olli Rehn lembrou que as medidas adicionais de consolidação que foram decididas em Maio só agora começam a reflectir-se nos dados disponíveis. Contudo, voltou a lembrar que para cumprir a meta do próximo ano são precisas mais medidas: São necessárias medidas adicionais - isto é, além de todas as que já foram anunciadas até agora - para cumprir a meta ambiciosa de 4,6% em 2011. (...)

 

Diário Económico

The river

 

 

Bruce Springsteen & The E Street Band

 

I come from down in the valley where mister when you're young
They bring you up to do like your daddy done
Me and mary we met in high school when she was just seventeen
Wed ride out of that valley down to where the fields were green

 

Wed go down to the river
And into the river wed dive
Oh down to the river wed ride

 

Then I got mary pregnant and man that was all she wrote
And for my nineteen birthday I got a union card and a wedding coat
We went down to the courthouse and the judge put it all to rest
No wedding day smiles no walk down the aisle
No flowers no wedding dress
That night we went down to the river
And into the river wed dive
On down to the river we did ride

 

I got a job working construction for the johnstown company
But lately there aint been much work on account of the economy
Now all them things that seemed so important
Well mister they vanished right into the air
Now I just act like I don't remember, mary acts like she don't care
But I remember us riding in my brothers car
Her body tan and wet down at the reservoir
At night on them banks I'd lie awake
And pull her close just to feel each breath she'd take
Now those memories come back to haunt me, they haunt me like a curse
Is a dream a lie if it don't come true
Or is it something worse that sends me

 

Down to the river though I know the river is dry
Down to the river, my baby and i
Oh down to the river we ride

 

Péssimo espectáculo

 

Depois do desesperado apelo ao FMI, a que este não correspondeu, depois o triste suspirar pela fiscalização europeia das contas do governo, a que esta era alheia, o PSD destapou a irresponsabilidade, sugerindo que não viabilizaria o OE de 2010.

 

Será que o PSD acredita que o PS, partido mais votado nas anteriores eleições legislativas, deveria governar com um orçamento em que não se revê?

 

Os dois maiores partidos portugueses andam a gritar por ódio na ribalta e a fazer juras de amor secretas. Mas que péssimo espectáculo.

Arranjos florais

 

Não sou particularmente versada em decoração. Gosto de coisas bonitas e de me sentir bem, como todos, calculo, mas a paciência para procurar objectos, passear por lojas e experimentar, escasseia.

 

Hoje surpreendi-me a mim própria. Queria um arranjo de flores, de preferência secas - não gosto de flores artificiais. Encontrei umas de cores variadas e muito bonitas. O problema foi o suporte. Uma jarra de vidro não condizia. O que ficava mesmo bem era uma espécie de vasilhame de alumínio, grande, mas que servia só de expositor. Grande problema. Até que olhei para umas gaiolas de pássaros, decorativas, de metal preto.

 

Enfiei as flores, de vários tamanhos e formas, de várias cores e tonalidades, pelas grades da gaiola. Ficou espantoso. Bonito, discreto, sofisticado, delicioso.

 

Será que errei a vocação? Ou a idade está a transformar-me numa dondoca?

 

Cartomante

Ivan Lins & Victor Martins

Ellis Regina

 

Nos dias de hoje é bom que se proteja
Ofereça a face pra quem quer que seja
Nos dias de hoje esteja tranqüilo
Haja o que houver pense nos seus filhos

 

Não ande nos bares, esqueça os amigos
Não pare nas praças, não corra perigo
Não fale do medo que temos da vida
Não ponha o dedo na nossa ferida

 

Nos dias de hoje não lhes dê motivo
Porque na verdade eu te quero vivo
Tenha paciência, Deus está contigo
Deus está conosco até o pescoço

 

Já está escrito, já está previsto
Por todas as videntes, pelas cartomantes
Tá tudo nas cartas, em todas as estrelas
No jogo dos búzios e nas profecias

 

Cai o rei de Espadas
Cai o rei de Ouros
Cai o rei de Paus
Cai não fica nada.

Pág. 1/4